Responsabilidade Social

Avaliação da atividade antimicrobiana de extratos de cúrcuma longa L. Sobre diferentes bactérias

Inovação Tecnológica

Unidade: Francisco Beltrão

Titulação: Mestrado - Atividade: Pesquisa Institucional

Cod. CNPQ: 0002120000 – Microbiologia

Núcleo de Pesquisa: Ciências Biológicas Agrárias e Tecnológicas

Linha de Pesquisa: Desenvolvimento e aplicações de produtos

Professores: Luciana Pellizzaro – Evellyn Claudia Wietzikoski Lovato – Juliana Pelissari Marchi

Resumo: Estudos das duas últimas décadas têm demonstrado as propriedades da Curcuma longa L. (cúrcuma, açafrão), planta utilizada principalmente na indústria de alimentos como flavorizante e corante, porém com diversas ações já comprovadas como antioxidante, antimicrobiana, anti-inflamatória, anticarcinogênica, entre outras. Destaca-se ainda por seu poder etnofarmacológico, com destaque na área de Fitoterapia, passando a fazer parte da lista Plantas Medicinais de Interesse ao SUS, no Brasil.

É comum o desenvolvimento de pesquisas de ação antimicrobiana usando óleo essencial, extrato bruto, extrato seco e comercial da planta, de forma isolada, contra diversas bactérias das mais  diversas  origens. Porém,  pesquisas  que  desenvolvem seu uso com várias formulações ao mesmo tempo são raras. Assim, o objetivo deste estudo será determinar as atividades antimicrobianas do extrato seco, bruto e comercial de C. longa contra Staphylococcus aureus, Salmonella entérica, Escherichia coli, Klebsiella pneumoniae e Pseudomonas aeruginosa. Para tanto será usado o Método de Microdiluição em  Caldo (MIC) e será avaliada a Concentração Inibitória Mínima para cada extrato sobre cada uma das bactérias.

Avaliação da atividade antimicrobiana de extratos de cúrcuma longa L. Sobre diferentes bactérias