Responsabilidade Social

Coinoculação de fungo micorrízico e azospirillum Brasiliense em capim limão (Cymbopogon Citratus Stapf)

Inovação Tecnológica

Unidade: Umuarama

Titulação: Doutorado - Atividade: Pesquisa Institucional

Cod. CNPQ: 0005010104 – Microbiologia e Bioquímica do Solo

Núcleo de Pesquisa: Ciências Biológicas, Agrárias e Tecnológicas

Linha de Pesquisa: Biotecnologia aplicada à microbiologia agrícola

Professor: Odair Alberton

Resumo: O uso de vegetais tem se difundido largamente nos últimos anos no tratamento fitoterápico de muitas doenças, por esta razão, existe um interesse crescente sobre o estudo da composição desses vegetais. A planta medicinal Cymbopogon citratus Stapf, popularmente conhecida como capim limão, é um chá muito consumido, porém, pode sofrer influência do ambiente que afetam seu metabolismo, como o solo, qualidade da água, defensivos, nutrientes e a associação com fungos e rizobactérias. Dentre os fungos do solo destacam-se os que  formam  simbiose  mutualística  com  as  plantas, denominados  fungos  micorrízicos arbusculares (FMAs).

A micorriza é uma associação entre fungos do solo e as raízes do hospedeiro, aumentando a absorção de nutrientes e água através do FMA para a planta hospedeira. As bactérias promotoras de crescimento em plantas (BPCP) como o Azospirillum brasilense (AB) tem a capacidade de estimular o crescimento radicular, favorecendo a planta como um todo. Desse modo,  este  estudo  tem  como  objetivo,  avaliar a coinoculação do fungo micorrízico arbuscular Glomus clarum e da rizobactéria Azospirillum brasilense no desenvolvimento e no rendimento do óleo essencial (OE) da planta capim limão. Será montado um experimento fatorial 2 x 2 (com e sem a inoculação de FMA e AB) em um delineamento inteiramente casualizado, com 12 repetições (potes de 3,5 kg) em casa de vegetação por 4 meses.

Serão determinados à abundância de esporos de FMA e a porcentagem de colonização radicular por FMA, o carbono da biomassa microbiana (CBM), respiração basal (RBS) e quociente metabólico (qCO2) o desenvolvimento da planta e o do conteúdo de OE. Os resultados serão submetidos à análise de variância (ANOVA) e será feita analisando a interação entre a inoculação de FMA e AB. Será empregado o teste de Duncan a 5% de   probabilidade para testar as diferenças estatísticas entre as médias utilizando o programa estatístico SPSS v. 22. Com os resultados espera-se entender melhor novas alternativas para a produção do capim limão de forma sustentável, levado em consideração a qualidade ambiental, reduzindo custos e melhorando a qualidade de vida humana.

Coinoculação de fungo micorrízico e azospirillum Brasiliense em capim limão (Cymbopogon Citratus Stapf)