Responsabilidade Social

Efeito da Curcuma Longa L. sobre a periodondite induzida em ratos no modelo da 6-OHDA da doença de Parkinson em ratos

Inovação Tecnológica

Unidade: Umuarama

Titulação: Doutorado - Atividade: Pesquisa Institucional

Cod. CNPQ: 0002100300 - Neuropsicofarmacologia

Núcleo de Pesquisa: Ciências Biológicas, Agrárias e Tecnológicas

Linha de Pesquisa: Farmacologia, toxicologia e terap. experimental

Professores: Evellyn Claudia Wietzikoski Lovato - Cintia de Souza Alferes Araújo - Luiz Fernando Tomazinho - Samantha Wietzikoski Sato

Resumo: A doença de Parkinson (DP) é uma patologia neurodegenerativa crônica caracterizada pela perda progressiva e seletiva de neurônios dopaminérgicos na substância negra parte compacta (SNpc). Devido aos prejuízos motores, pacientes com DP apresentam dificuldades para realizar os cuidados com a higiene oral diária, favorecendo este grupo para o desenvolvimento da doença periodontal. É descrito na literatura que doenças periodontais podem influenciar o estabelecimento e a evolução de doenças sistêmicas.

Diversos estudos demonstram que a doença periodontal ocasiona inflamação local e sistêmica além da elevação de mediadores inflamatórios sistêmicos que podem contribuir para a progressão da DP. Assim, no presente projeto pretende-se testar esta hipótese no modelo animal da DP induzida por 6-OHDA associada à periodontite experimental em ratos. Em um modelo animal de DP, a administração unilateral de 6- hidroxidopamina (6-OHDA) na porção medial da SNpc ou no feixe prosencefálico medial provoca a morte de todos os neurônios dopaminérgicos no mesencéfalo do lado aplicado e a diminuição de dopamina no lado correspondente do estriado, gerando um modelo válido de uma fase adiantada da DP com pronunciadas alterações motoras. Esses animais apresentam comportamento rotatório contralateral quando desafiados com agonistas D1/D2 da dopamina tais como a apomorfina.

No presente projeto será utilizado o modelo animal de rotação com o objetivo de identificar os animais com neurodegeneração na via nigroestriatal, além de verificar a influência da periodontite experimental sobre o comportamento do animal lesionado. Sabe-se que modelo da rotação pode ser usado como screening para substâncias com ação dopaminérgica. Assim, em função de o extrato de curcuma longa L. possuir compostos fenólicos que podem estar associado a efeitos dopaminérgicos, acredita-se que o tratamento sistêmico com o extrato desta planta poderá reduzir as rotações contralaterais em animais com lesão unilateral por 6-OHDA desafiados com apomorfina. Portanto, este projeto tem por objetivo avaliar se lesão unilateral com 6-OHDA em modelo animal de rato pode ser potencializada ou potencializar a periodontite experimental, e se o extrato bruto de Curcuma Longa L. apresenta efeito neuroprotetor e/ou ação anti-inflamatória.

Efeito da Curcuma Longa L. sobre a periodondite induzida em ratos no modelo da 6-OHDA da doença de Parkinson em ratos