Responsabilidade Social

Efeito das técnicas de polimento na estabilidade de cor e rugosidade superficial de resinas compostas micro-híbridas e nanoparticuladas

Inovação Tecnológica

Unidade: Cascavel

Titulação: Doutorado - Atividade: Pesquisa Institucional

Cod. CNPQ: 0004020000 - Odontologia

Núcleo de Pesquisa: Ciências da Saúde e Desenvolvimento Humano

Linha de Pesquisa: Tecnologia de produtos e processos em saúde

Professor: Wagner Baseggio

Resumo: Este estudo avaliará, in vitro, o efeito das técnicas de polimento de um e múltiplos passos na estabilidade de cor e rugosidade superficial de resinas compostas microhíbrida e nanoparticulada. Sessenta corpos-de-prova serão confeccionados, com dimensões de 7mm x 2mm e divididos em 6 grupos com 10 amostras cada, em função da combinação entre resina composta e técnica de polimento de superfície, sendo: G1. Filtek Supreme XT + PoGo; G2. Filtek Supreme XT + Sof-Lex; G3. Filtek Supreme XT + Tira de Poliéster; G4 Amelogen + PoGo;. G5 Amelogen + Sof-Lex.; G6 Amelogen. + Tira de Poliéster. A cor inicial será determinada de acordo com a escala CIELAB, com as coordenadas de L*, a* e b*, e determinação do ΔE* por meio da equação EΔab = [( LΔ)2 + (aΔ) 2 + ( bΔ) 2]1/2 com o aparelho Vita Easyshade.

Os espécimes serão submetidos aos diferentes sistemas de polimento, em baixa rotação e de acordo com os tempos recomendados pelo fabricante, e a rugosidade superficial média será mensurada com um rugosímetro Surf-Corder (Kosaka Lab. SE 1700). Em seguida, todos os espécimes serão armazenados em solução de café à 37ºC e umidade absoluta de 100% por 7 dias. Após este período, a leitura da cor final será efetuada. Os resultados serão submetidos aos testes ANOVA 2 critérios e Tukey com nível de significância de 5%, com p<0,05.

Efeito das técnicas de polimento na estabilidade de cor e rugosidade superficial de resinas compostas micro-híbridas e nanoparticuladas