Responsabilidade Social

Fisiologia do crescimento, bioquímica e aclimatização de Curcuma longa cultivada in vitro

Inovação Tecnológica

Unidade: Umuarama

Titulação: Doutorado - Atividade: Pesquisa Institucional

Cod. CNPQ: 0005010305 - Melhoramento Vegetal

Núcleo de Pesquisa: Ciências Biológicas, Agrárias e Tecnológicas

Linha de Pesquisa: Biotecnologia aplicada ao melhoramento vegetal

Professora: Helida Mara Magalhães

Resumo: Curcuma longa conhecida, popularmente, como açafrão-da-índia, pertence à família Zingiberacea. Essa espécie é originária de regiões tropicais e subtropicais. Tem sido utilizada para fins ornamentais, em perfumaria, na indústria de alimentos e na medicina. O presente estudo tem como objetivo avaliar a influência da composição do meio no desenvolvimento, substratos e fungos micorrízicos na aclimatização dessa espécie. Na etapa 1 os brotos, passarão por assepsia e posteriormente serão multiplicados em meio MS e mantidos em sala de crescimento.Na primeira etapa cinco ensaios serão realizados de forma idependente para avaliar métodos de assepsia das brotações utilizando o óleo essencial da mesma espécie, diferentes concentrações de reguladores de crescimento e diferentes formulações de meio MS.

Na etapa 2 um ensaio será conduzidos para avaliar diferentes substratos e fungos micorrízicos no processo de aclimatização. Espera-se ao final dos ensaios melhorar a taxa de multiplicação das brotações. Espera-se também que a perda de mudas durante a fase de aclimatização seja mitigada e que ocorra a sobrevivência de um maior número de plantas possíveis, e ainda que a produção de óleo essencial e constituintes químicos sejam afetadas positivamente mediante a presença dos fungos micorrízicos.

Fisiologia do crescimento, bioquímica e aclimatização de Curcuma longa cultivada in vitro