Responsabilidade Social

Fontes de lítio na bioacumulação e produção de biomassa por basidiomiceto

Inovação Tecnológica

Unidade: Umuarama

Titulação: Doutorado - Atividade: Pesquisa Institucional

Cod. CNPQ: 0005000000 – Ciências Agrárias

Núcleo de Pesquisa: Ciências Biológicas, Agrárias e Tecnológicas

Linha de Pesquisa: Biotecnologia aplicada à microbiologia agrícola

Professoras: Maria Graciela Iecher Faria Nunes - Giani Andrea Linde Colauto

Resumo: Os basidiomicetos tem a capacidade de bioacumular metais nas suas estruturas celulares. O lítio é um metal alcalino que, na forma de carbonato de lítio, tem capacidade de agir como antioxidante celular, sendo estudado na proteção contra o Alzheimer, além de ser a principal droga no tratamento do transtorno de humor bipolar, apresentando ação preventiva contra suicídio, além da possibilidade do consumo de alimentos enriquecidos com lítio terem efeito profilático na prevenção primária do transtorno de humor bipolar. Sais de lítio, como o cloreto de lítio, não são utilizados na clínica, pois são muito solúveis em meio aquoso.

O ideal seria um composto de solubilidade intermediária para um melhor resultado no tratamento. Para que estas substâncias tenham uma maior disponibilidade e menor efeito colateral, diversos estudos vêm sendo realizados com bioacumulação em basidiomicetos. Assim, espera-se avaliar a bioacumulação de lítio por diferentes espécies de basidiomicetos, a atividade antioxidante da biomassa bioacumulada e determinar a presença de compostos voláteis através da metodologia de headspace. Portanto, este projeto abre uma perspectiva para o desenvolvimento de produtos biotecnológicos de alto valor agregado e de formas alternativas de entrega de lítio e eventuais outros sais de uso farmacológico.

Fontes de lítio na bioacumulação e produção de biomassa por basidiomiceto