Responsabilidade Social

Reguladores de crescimento e influência do Elicitor Sulfato de Cobre (CUSO4) sobre o metabolismo de duas cultivares de manjericão

Inovação Tecnológica

Unidade: Umuarama

Titulação: Doutorado - Atividade: Pesquisa Institucional

Cod. CNPQ: 0005010305 - Melhoramento Vegetal

Núcleo de Pesquisa: Ciências Biológicas, Agrárias e Tecnológicas

Linha de Pesquisa: Biotecnologia aplicada ao melhoramento vegetal

Professora: Helida Mara Magalhães

Resumo: O cobre atua em diversos processos fisiológicos de vegetais. Entretanto, é importante padronizar a concentração deste metal para cada planta, pois em grandes concentrações o metal pode gerar efeitos tóxicos. O manjericão é uma planta aromática arbustiva, pertencente à família Lamiaceae, comumente utilizada como condimento culinário ou erva medicinal, seus compostos secundários são muito utilizados na indústria. 

Este trabalho tem como objetivo avaliar a ação de reguladores de crescimento e correlacionar a atuação de diferentes concentrações do sulfato de cobre com os diversos processos metabólicos do manjericão, assim como, avaliar a composição química dos compostos voláteis de manjericão de dois cultivares (alfavaca verde e Dark opal) obtidos a partir da inoculação de sementes que posteriormente serão multiplicadas através do cultivo de dois tipos de explantes (segmentos nodais e ápices caulinares) cultivados com diferentes concentrações do elicitor.

Para realizar esta correlação é necessário avaliar o teor de lignina, a atividade enzimática, a produção de compostos fenólicos totais, a atividade antioxidante e a caracterização química dos compostos voláteis, além de avaliar o crescimento da planta e suas características fenotípicas. Esta pesquisa pode colaborar no intuito de compreender, acelerar e otimizar a produção de metabólitos secundários de manjericão com a utilização da ferramenta de cultivo in vitro aliada à elicitação abiótica do metal sulfato de cobre.

Reguladores de crescimento e influência do Elicitor Sulfato de Cobre (CUSO4) sobre o metabolismo de duas cultivares de manjericão