Responsabilidade Social

Verificação do potencial antioxidante e antibacteriano nos compostos bioativos - extratos das folhas e do rizoma da Zingiber Officinale Roscoe e Alpinia Purpurata (Vieill.) K. Schum. do Horto Medicinal da Unipar, Campus Umuarama - PR

Inovação Tecnológica

Unidade: Umuarama

Titulação: Doutorado - Atividade: Pesquisa Institucional

Cod. CNPQ: 0005050200 – Medicina Veterinária Preventiva

Núcleo de Pesquisa: Ciências Biológicas, Agrárias e Tecnológicas

Linha de Pesquisa: Medicina Veterinária Preventiva

Professora: Daniela Dib Gonçalves

Resumo: Os alimentos funcionais são aqueles que, além de cumprir funções nutricionais básicas, quando ingeridos como parte da dieta habitual, também produzem efeitos metabólicos, fisiológicos e benéficos à saúde, e os compostos bioativos são as principais propriedades dos alimentos funcionais. As plantas herbáceas da família Zingiberaceae são amplamente utilizadas como erva, especiaria ou condimento, e também são conhecidas por um número de propriedades medicinais.

A utilização dos compostos bioativos de especiarias principalmente da família Zingiberaceae (gengibres), tem sido de grande interesse na pesquisa e no desenvolvimento de produtos naturais na indústria médica e farmacêutica. Dessa forma, o objetivo do presente trabalho será avaliar a atividade antioxidante (in vitro) e antimicrobiana dos extratos de folhas e rizomas das plantas a Zingiber officinale Roscoe e Alpinia purpurata (Vieill.) K. Schum. em isolados bacterianos de animais domésticos e selvagens e cepas padrão de Escherichia coli (ATCC 25922) e Staphylococcus aureus (ATCC 25923) por meio da técnica de disco difusão e concentração inibitória mínima.

Verificação do potencial antioxidante e antibacteriano nos compostos bioativos - extratos das folhas e do rizoma da Zingiber Officinale Roscoe e Alpinia Purpurata (Vieill.) K. Schum. do Horto Medicinal da Unipar, Campus Umuarama - PR