Responsabilidade Social

Análise do teor de cloro ativo e ph de soluções de hipoclorito de sódio utilizadas durante tratamento endodôntico

Melhoria das Condições de Vida da População e Ações de Inclusão

Unidade: Umuarama

Titulação: Mestrado - Atividade: Pesquisa Institucional

Cod. CNPQ: 0004020600 - Endodontia

Núcleo de Pesquisa: Ciências da Saúde e Desenvolvimento Humano

Linha de Pesquisa: Aval. pré-clinica e clínica de produtos em saúde

Professor: Sergio Henique Staut Brunini

Resumo: A presença de microrganismos no interior do canal radicular representa um fator preponderante no sucesso ou fracasso do tratamento endodôntico, sendo o preparo químico-mecânico a alternativa de controle desta contaminação. Neste binômio é notório que a ação mecânica dos instrumentos não é plenamente efetiva, sendo fundamental o auxílio químico proporcionado pela solução irrigadora. O hipoclorito de sódio constitui na principal substância utilizada com este propósito, fundamentada na capacidade antimicrobiana promovida pela liberação dos íons cloro.

Contudo, as soluções de hipoclorito de sódio mostram-se instáveis, sofrendo alterações proporcionadas pela sua exposição ao sol, pelo local de armazenamento e até pelo frasco em que são acondicionadas, de modo que o profissional precisa manter-se atento a estas transformações que podem diminuir a efetividade do produto, tornando-o menos concentrado. Sendo assim, a avaliação da concentração de cloro ativo nas soluções de hipoclorito de sódio representa um controle essencial visando um melhor índice de sucesso para a terapia endodôntica.

Análise do teor de cloro ativo e ph de soluções de hipoclorito de sódio utilizadas durante tratamento endodôntico