Responsabilidade Social

Aspectos epidemiológicos e microbiológicos relacionados à colonização e infecção de pacientes por bactérias resistentes em uma unidade de terapia intensiva

Melhoria das Condições de Vida da População e Ações de Inclusão

Unidade: Francisco Beltrão

Titulação: Especialização - Atividade: Pesquisa Institucional

Cod. CNPQ: 0004000000 – Ciências da Saúde

Núcleo de Pesquisa: Ciências da Saúde e Desenvolvimento Humano

Linha de Pesquisa: Prevenção e promoção de saúde

Professores: Franciele do Nascimento Santos Zonta - Alessandro Rodrigues Perondi - Patricia Amaral Gurgel Velasquez

Resumo: O estudo irá identificar bactérias multiresistentes em uma unidade de terapia intensiva (UTI) adulto de um hospital público e privado do sudoeste do Paraná, e traçar o perfil epidemiológico dos pacientes escolhidos. Trata-se de uma pesquisa transversal de campo, prospectiva, resultando em uma pesquisa quantitativa experimental, que será realizada por meio da coleta de dados contidos em prontuários e os resultados das analises microbiológicas dos swabs de pacientes hospitalizados nesta unidade.

O objetivo do presente estudo será determinar os aspectos epidemiológicos e microbiológicos relacionados à colonização e infecção de pacientes por bactérias resistentes de relevância epidemiológica em UTI. É válido ressaltar que as complicações causadas por microorganismos multirresistentes podem provocar o aumento da mortalidade devido as poucas opções terapêuticas. Dados epidemiológicos apontam taxas de mortalidade em 30 dias em 40% a 50%. Alguns microorganismos em específico por terem uma rápida disseminação em âmbito mundial têm o impacto mais significativo na saúde humana.

O impacto econômico destas infecções resulta em internações prolongadas, novos procedimentos diagnósticos e terapêuticos, podendo ser consideradas mortes evitáveis. Assim, controlar e prevenir a infecção hospitalar pode liberar recursos para outras áreas. Diante dessa alta disseminação e mutação de bactérias multirresistentes é necessária a pesquisa e a realização de estudos nessa área, como também adoção de programas de vigilância que envolve a avaliação do perfil de sensibilidade dos pacientes empregando os cuidados e precauções recomendados e adequados.

Através dos dados elencados nesta pesquisa espera-se encontrar os possíveis desfechos, sendo que os mesmos poderão ser confirmados ou excluídos no decorrer do estudo: Supõe-se que o número de pacientes acometidos pela contaminação e/ou infecção por bactérias multirresistentes na região  sudoeste do Paraná é consideravelmente alto. Acredita-se que a contaminação e/ou infecção por bactérias multirresistentes podem estar associadas a altas taxas de mortalidade.

Aspectos epidemiológicos e microbiológicos relacionados à colonização e infecção de pacientes por bactérias resistentes em uma unidade de terapia intensiva