Responsabilidade Social

Casos epidêmicos de dengue da cidade de Umuarama-PR a partir do ano de 2010

Melhoria das Condições de Vida da População e Ações de Inclusão

Unidade: Guaíra

Titulação: Doutorado - Atividade: Pesquisa Institucional

Cod. CNPQ: 0004000000 – Ciências da Saúde

Núcleo de Pesquisa: Ciências da Saúde e Desenvolvimento Humano

Linha de Pesquisa: Prevenção e promoção de saúde

Professores: Rosiley Berton Pacheco - Daniele Garcia de Almeida Silva - Erick Antonio Sigolo - José Ricardo Skolmovski da Silva - Simone Castagna Angelim Costa - Vanda Zago Lupepsa

Resumo: Em Umuarama, noroeste do Paraná, cidade de 109.955 mil habitantes, a situação epidemiológica da doença de dengue é preocupante. Em 2017, a cidade registrou cinco casos confirmados de dengue, quatro contraídos no próprio município e um importado, entre um total de 247 notificações apuradas em 30 bairros da cidade. Do total de casos suspeitos, 206 foram descartados e 36 permanecem em investigação. O público com maior incidência de notificações (53,8%) é composto por homens e mulheres na faixa dos 20 aos 49 anos.

Outros 19,4% envolvem crianças e jovens de ambos os sexos entre os 10 e os 19 anos e o terceiro grupo com maior número de notificações é composto por pessoas de 50 a 64 anos (9,3%) ou de 65 anos acima (6,8%). Desse modo, o objetivo geral desse estudo é buscar a espacialização precisa dos focos e a indicação de alternativas pontuais para reduzir os casos confirmados de dengue. Os dados serão espacializados em mapas e analisados em tabelas. Espera-se visualizar a evolução ou involução dos focos nos anos analisados e promover alternativas para reduzir os casos.

Casos epidêmicos de dengue da cidade de Umuarama-PR a partir do ano de 2010