Responsabilidade Social

Prevalência de obesidade em crianças e adolescentes de acordo com faixas etárias nas macrorregiões do Brasil: uma revisão sistemática

Melhoria das Condições de Vida da População e Ações de Inclusão

Unidade: Francisco Beltrão

Titulação: Mestrado - Atividade: Pesquisa Institucional

Cod. CNPQ: 0004000000 – Ciências da Saúde

Núcleo de Pesquisa: Ciências da Saúde e Desenvolvimento Humano

Linha de Pesquisa: Prevenção e promoção de saúde

Professoras: Durcelina Schiavoni Bortoloti - Juliana Pizzi

Resumo: Introdução: As modificações no estilo de vida de crianças e adolescentes, principalmente ao longo das duas últimas décadas, têm favorecido o desenvolvimento de sobrepeso/obesidade e de inúmeras disfunções crônico-degenerativas em idades cada vez mais precoces. Objetivos: O propósito da presente investigação analisar a prevalência de obesidade e de fatores de risco cardiovascular na macrorregiões brasileiras.

Métodos: Será realizada uma revisão sistemática de periódicos indexados nacional ou internacional. A estratégia de busca dos estudos será realizada por pelos acadêmicos do PIC (Programa de Iniciação Científica) e pelo professor orientador deste estudo, sem restrição da língua. As bases de dados investigadas serão: MEDLINE - Medlars Online; EMBASE - Excerpta Medica Database; LILACS - Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde; SCIELO - Scientific Eletronic Library Online e SCISEARCH - Institute for Scientific Information – ISI, e na ferramenta de busca Google Acadêmico no período de 1990 até Maio de 2018.

Resultados esperados: Espera-se que as informações produzidas por esse estudo favoreçam a produção de informações que contribuam para o estabelecimento de ações de intervenção que proporcionem, em médio e longo prazo, redução da obesidade em crianças e adolescentes e reduções nos gastos públicos associados ao desenvolvimento e controle de doenças associadas a obesidade.

Prevalência de obesidade em crianças e adolescentes de acordo com faixas etárias nas macrorregiões do Brasil: uma revisão sistemática