Responsabilidade Social

Memória Urbana: As Residências em madeira na cidade de Umuarama

Memorial Cultura da Produção Artística e Patrimônio Cultural

Unidade: Umuarama

Titulação: Especialização - Atividade: Pesquisa Institucional

Cod. CNPQ: 0006040000 – Arquitetura e Urbanismo

Núcleo de Pesquisa: Ciências Humanas e Sociais Aplicadas

Linha de Pesquisa: Teoria, História e Met.Proj.Arquit. e da Edificação

Professora: Wanda Terezinha Bononi

Resumo: O crescente desenvolvimento das cidades muitas vezes obriga a transformação da paisagem urbana por meio da renovação e substituição dos edifícios antigos por outros que atendam às novas necessidades. No que tange à região norte e noroeste paranaense, ao analisar a história da colonização das cidades com foco na habitação, percebe-se que seus pioneiros, em conformidade com sua cultura, resolveram o problema de moradia por meio de construções em madeira, aproveitando o material local disponível pela retirada da mata (Zani, 2003).

Estas construções deram à paisagem urbana uma característica própria nestas cidades, demarcando a trajetória que caracteriza a produção arquitetônica da região. À medida que estas cidades foram crescendo, esta arquitetura foi sendo substituída por construções em alvenaria, em um processo natural de “renovação urbana”- a substituição das estruturas físicas existentes por obras mais “modernas” e adaptadas às “necessidades da vida moderna”, alterando assim a paisagem urbana. Ressaltando aqui a cidade de Umuarama, se nada for feito para salvaguardar a memória desta época, nada sobrará, tendo em vista que a substituição desta técnica é inevitável.

Sendo assim, esta pesquisa tem por objetivo geral inventariar e analisar as residências em madeira ainda existentes no município de Umuarama, na área do plano original da cidade, salvaguardando uma cultura arquitetônica regional de se construir e habitar em residências em madeira.

Para o desenvolvimento desta investigação primeiramente será realizado pesquisa bibliográfica com foco em estudos sobre cultura e memória, procurando compreender e definir o conceito de preservação de bens culturais, não se limitando apenas a monumentos arquitetônicos. Tem por propósito dar fundamentação teórica ao trabalho, ou seja, promover uma reflexão sobre a preservação e diversas abordagens em relação a preservação de patrimônios históricos (monumentos x memória), conduzindo a uma reflexão sobre a cultura projetual, considerando sua dimensão histórica, sociocultural, técnica e material envolvidas. Reconhecer, preservar e recuperar esta cultura arquitetura do noroeste paranaense, pode revelar elementos da evolução dos homens envolvidos, configurando inestimável patrimônio histórico-cultural.

Em um segundo momento, será realizado o inventário destas residências no município, no plano original, investigando a composição formal e estética destes  exemplares, bem como suas características construtivas, criando e disponibilizando uma base de dados que possa servir como consulta tanto para os docentes e acadêmicos da instituição, quanto para o público externo, documentando a história tanto dos objetos como da região em que os mesmos se encontram inseridos. Desta forma, espera-se reforçar a posição da Instituição em relação à pesquisa, ensino e extensão junto à comunidade.

Memória Urbana: As Residências em madeira na cidade de Umuarama