Responsabilidade Social

A importância da ética no exercício da Advocacia

Responsabilidade Social

Unidade: Umuarama

Titulação: Doutorado - Atividade: Pesquisa Institucional

Cod. CNPQ: 0006010000 – Direito

Núcleo de Pesquisa: Ciências Humanas e Sociais Aplicadas

Linha de Pesquisa: Jurisdição Cosntitucional e Direitos Fundamentais

Professor: Luiz Roberto Prandi

Resumo: Objetivando ter profissionais que exerçam a advocacia dentro dos limites da moral e da ética, renunciando a suas paixões e agindo com justiça, a Ordem dos Advogados do Brasil adota medidas para disciplinar o comportamento profissional do advogado. Para tanto criou-se o Código de Ética da Advocacia e o Exame de Ordem, para disciplinar e avaliar os bacharéis em Direito.

A partir dessa perspectiva pode-se  verificar a eficácia de tais  instrumentos e a contribuição do Exame de Ordem, que é justificado pois tem a pretensão analisar os bacharéis que supostamente não atenderiam aos interesses da coletividade, tendo como principal argumento a complexidade da profissão, que  trabalha com todos os segmentos da sociedade.

Neste sentido, é de fundamental importância que se faça uma análise do quanto o Código de Ética e o Exame de Ordem contribuem para que os futuros profissionais do Direito sejam exemplares e de fato correspondam aos anseios sociais. Mesmo tendo ares de possuir caráter restritivo, o Exame de Ordem não impede que "maus profissionais" exerçam o ofício da advocacia. Desta forma, é necessário analisar a efetividade da aplicação do Código de Ética e do Exame de Ordem.

A importância da ética no exercício da Advocacia